O Espetáculo

Luiz Marenco

Quando a literatura chamou de "Gaucho" ao homem errante, que aqui habitava um mundo de distâncias infinitas e tempos imprecisos, ele já há muito vagava pelas imensas planícies do sul da América.

Entre os traços marcantes na formação do gaúcho esteve desde o princípio o seu Cantar. De influências - espanholas, lusas, árabes, indígenas e, mais tarde, negras - e gestado em uma geografia de imensas solidões, o cantar "del gaucho" é por nascimento um contracanto ao silêncio.

Foi o livro quem se encarregou de apontar um cantor entre esta gente. E Martin Fierro entoou, desde remotas pulperías, os fundamentais acordes das cifras, legado dos errantes, arreadores e caçadores de gado alçado.

O tempo, que na linguagem da arte corre diferente, trouxe a doçura das zambas e a vibração das chacareras e elegeu Don Atahualpa para tocá-las. Trouxe o telúrico das milongas e definiu Alfredo Zitarrosa para entoá-las. E traria, aqui no velho Rio Grande a Noel Guarany, para cantar o terruño em suas payadas e chamarras.

Hoje este cantor é parte desta história, herdeiro e continuador destes mesmos cantares.

"Luiz Marenco - valoriza o essencial, simples como um rancho de campo ou de arrabalde povoeiro, intimo como a comunhão de silêncio dos fogos de chão e universal pelo que de humano carrega."

Sérgio Carvalho Pereira

Grupo

Descubra os músicos

Aluísio Rockembach - Acordeon

Músico, compositor, produtor e arranjador de diversos trabalhos na música gaúcha, Aluísio Rockembach vem participando de festivais nativistas há aproximadamente 15 anos, conquistando vários prêmios de melhor instrumentista e também como melhor compositor. Como instrumentista, já acompanhou vários nomes da música gaúcha e latino-americana.

Uma de suas importantes participações foi ao lado do Maestro Sérgio Sixto, no Concerto de Primavera, juntamente com o coral da Sociedade Pelotense Música pela Música, em 2005. Em outubro de 2006, no Teatro Sete de Abril, Aluísio Rockembach participou do projeto Sete ao Entardecer, da Prefeitura Municipal de Pelotas, apresentando o Show Chamamé ao Entardecer, com ritmos como polca, tango, chamamé, entre outros. No ano de 2007 participou duas vezes da gravação do Programa Galpão Crioulo, da RBS TV, a primeira no Reponte da Canção Nativa de São Lourenço do Sul e a segunda em comemoração aos 25 anos do programa, na cidade de Pelotas. Aluísio Rockembach tem seu primeiro CD gravado em 2008, intitulado "Santa Flor".

Contato: arockembach@hotmail.com

Egbert Parada - Violão Solo

É, antes de tudo, um apaixonado pela música. Autodidata, começou a tocar em 1987 e em 1989, por conta de sua dedicação diária, tornou-se músico profissional. Nos anos de 95 e 96 freqüentou o conservatório de música de Pelotas. Violonista requisitado, participou e recebeu diversos prêmios como melhor instrumentista em festivais, acompanhado de grandes nomes da música gaúcha, tais como João de Almeida Neto, Luis Carlos Borges e Luiz Marenco.

Dono de grande talento e sensibilidade, tem assinado seu nome em inúmeros discos de compositores e intérpretes de Pelotas e região, também como arranjador e diretor musical.

Contato: egbert.parada@yahoo.com.br

Fabrício "Pardal" Moura - Contra Baixo

Músico jaguarense, radicado na cidade de Pelotas, iniciou sua carreira como percussionista do grupo Acalanto Latino, constituído em Jaguarão. Posteriormente, dedicou-se à execução de outros instrumentos, como, por exemplo: violão, cavaquinho, bandolim, charango, cuatro venezuelano e o baixo elétrico, que é um dos instrumentos que executa com mais frequência.

Com presença constante em projetos e gravações locais, atua regularmente em festivais nativistas.

Contato: frabriciomoura1@hotmail.com

Luis Clóvis Girardi - Violão Solo

Iniciou seu trabalho ao lado de Luiz Marenco no ano de 1993.

Participou de vários festivais e apresentações no Rio Grande do Sul, também fora do estado e em outros países, destacando o Festival de Cosquin, o maior Festival de Folclore da América Latina, realizado em Córdoba na Argentina.

Contato: lc.girardi@yahoo.com.br

Roberto Borges - Vocal e Violão Base

Músico, compositor, arranjador e produtor, natural de Santa Vitória do Palmar, extremo sul do Brasil na fronteira com o Uruguai. Iniciou a carreira profissional no ano de 1998. Participou dos mais importantes festivais nativistas, trabalhando ao lado dos principais nomes do cenário. Foi premiado nos mais importantes festivais, como compositor e arranjador.

Contato: betosborges@gmail.com

Equipe

Produção

César Cattani
Produtor Executivo
(51) 99899-3620

End. eletrônico: contato@luizmarenco.com.br

Técnica

Vitor Medeiros Soares
Técnico de P.A.
(53) 998134-7933

Edvar Junior
Produção de Estrada
(53) 999902-4559

Equipamento

O atendimento dos itens da descrição técnica é fundamental para garantir um bom resultado do espetáculo.

Qualquer duvida entre em contato com nosso técnico responsável:

Vitor Soares
(53) 98134-7933

Contato

Contato Profissional:
César Cattani
Produtor Executivo
(51) 99899-3620

Endereço eletrônico:
contato@luizmarenco.com.br